Bancário de SP vítima de sequestro consegue reintegração

Bancário de SP vítima de sequestro consegue reintegração
quinta-feira, 14/12/2017

Um gerente do Bradesco em São Paulo foi reintegrado ao trabalho por meio de ação proposta na Justiça do Trabalho pelo Sindicato de São Paulo.

Vítima de sequestro, ele conseguiu se licenciar por acidente de trabalho, mas foi demitido pelo banco antes de terminar a estabilidade no emprego de um ano após a concessão do benefício concedido pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Kelly Menegon, secretária de Saúde do Sindicato de Londrina, avalia como perversa essa política do Bradesco, que não respeita os direitos do bancário que sofreu violência psicológica e está em tratamento para superar os traumas decorrentes dessa ação de marginais.

“Felizmente, a ação do Sindicato de São Paulo conseguiu provar que o banco desrespeitou a legislação ao demitir o gerente em plena vigência de sua estabilidade no emprego, demonstrando que todos os bancários e bancárias que sofrerem esse tipo de abuso dos bancos devem buscar auxílio junto às entidades sindicais para resguardar seus direitos”, alerta.

Fonte: Sindicato de São Paulo

LM

COMPARTILHE